Carnaval com catuaba

O carnaval é a melhor época do ano para você acumular histórias, ganhar experiências, vencer desafios, alinhar os chakras e transformar notas de R$ 2 em porres homéricos.

Carnaval 1.jpg

No primeiro ano em que me diverti de verdade eu tinha 17 ou 18 anos e, como bom taubateano que sou, enfrentei o sol escaldante de São Luís do Paraitinga. Que carnaval maravilhoso foi aquele do “Juca Teles, amora em flor, boca do povo são palavras de amor”. Na época, eu tinha dinheiro sobrando, uma latinha de cerveja resolvia o meu problema e eu estava dentro do armário. Logo, só cantar as marchinhas e comer churrasquinho já me fazia feliz.

Antes disso, passava os meus carnavais nos retiros da igreja. Isso não é de todo ruim, pois naquela época fazia sentido estar ali louvando ao senhor. Mas que bom que essa fase acabou, não é? Porque eu sempre fui fã de Axé Music e batuque e precisava desfilar o meu corpinho na rua.

Aí, veio a faculdade, São Luís perdeu a graça e o carnaval se resumia em filmes, brigadeiro e dias em casa descansando. Mentira, eu sempre ia pelo menos um dia para São Luís e lembro da vez que bebi, bebi, bebi e nada me aconteceu. Resolvi tomar um shot de 51 com os meus últimos R$ 2. Fiquei deslocado, me perdi de todo mundo, saltava mais do que a Fabiana Murer (quando bebo eu fico pulando) e achei que haviam roubado o meu celular.

Carnaval 2.jpg

Me formei e com isso veio o desemprego, porém, eu tinha R$ 50 na manga que fizeram a minha vida. Partiu carnaval: garrafa de catuaba e inúmeros pedidos de gelinho para o marinheiro. Pronto, nada mais importava e eu com uma amiga sentamos no meio da ponte durante o bloco para comer um pacote de bolacha (é biscoito?). Depois morri no gramado e quando acordei estava louco por Coca-Cola e Doritos. No fim do pacote, eu fui virar o farelo na boca segurando a latinha de refrigerante e levei alguns segundos para perceber que estava tomando um banho. Foi lindo!

Nos últimos anos o carnaval tem sido em São Paulo, onde é sempre cheio de amor e bebida barata. Mas agora tem adendo: glitter bomb na cara e muito close na avenida.

Carnaval 3

 

Anúncios